Dermatologista de Beyoncé Explica Como Devemos Aplicar os Produtos de Skincare

Vamos finalmente poder ter uma pele igual à de Queen B. Por: Ana Margarida Fernandes Imagens: © Instagram @beyonce.

É provável que já se tenha cruzado com diversos artigos sobre skincare que explicam quais os produtos que deve incluir na sua rotina, mas será que sabe a ordem certa para os aplicar? Compreendemos que, por vezes, esta tarefa pode tornar-se um pouco confusa, principalmente para quem utiliza vários artigos ao mesmo tempo. No entanto, o dermatologista de Beyoncé acabou de resolver todos os nossos problemas, ao explicar de uma vez por todas a ordem em que devemos aplicar o nosso hidratante, sérum e protetor solar.

Ter uma rotina de cuidados de pele é essencial, mas se não aplicarmos os produtos na ordem certa, para além de estarmos a perder dinheiro, estamos a perder tempo. De acordo com Harold Lancer, o dermatologista de celebridades como Beyoncé, Margot Robbie e Kim Kardashian, a aplicação correta dos produtos é fundamental para ter uma pele saudável. «Todos temos necessidades únicas e criar o nosso próprio ‘cocktail’ de cuidados com a pele irá trazer os resultados que estamos à procura», afirmou em entrevista à Glamour UK. «Aplicar e sobrepor adequadamente os produtos traduz-se em resultados melhores e mais percetíveis a longo prazo. Se está a usar um produto e não vê os resultados de que estava à espera, pode tê-los aplicado na hora errada do dia ou na ordem incorreta», acrescentou.

A primeira coisa a saber é que deve aplicar os seus produtos de textura mais fluída e líquida primeiro, seguindo depois para os mais espessos. «A minha recomendação geral é que todos os produtos de espessura fina, como os séruns, sejam usados primeiro», explicou. À mesma revista, Daniel Isaacs, diretor de investigação da Medik8, acrescentou que os «produtos com uma espessura mais fina não conseguem penetrar a barreira dos mais espessos». Por isso, se os aplicar como o dermatologista de Beyoncé aconselha, «vai aproveitar ao máximo cada produto e os seus ingredientes». Caso contrário, «pode estar a anular os benefícios do produto que aplicou anteriormente». É importante não esquecer que, depois de utilizar quaisquer séruns e hidratantes, deve terminar sempre a sua rotina diurna com um protetor solar. Independentemente da sua consistência, este deve ser sempre aplicado no fim.

E se utilizarmos mais do que um sérum?

Caso sinta a necessidade de aplicar mais do que um sérum, voltamos a invocar a mesma regra relacionada com a textura: «aplique sempre produtos à base de água antes dos produtos à base de óleo. Por exemplo, o ácido hialurónico deve ser aplicado antes de uma vitamina C, vitamina A ou outro produto à base de óleo», frisou Daniel. Se a consistência for igual, deve aplicar o ingrediente mais ativo primeiro: «Ao aplicar os séruns, aplique primeiro os mais ativos e escolha o ingrediente mais importante para a sua pele. Se se preocupa mais com a acne e manchas, opte por um sérum de ácido salicílico; se for a pigmentação, opte pela vitamina C primeiro», acrescentou.

Além disso, alguns produtos funcionam melhor à noite do que de manhã (ou ao contrário). Dois dos ingredientes que deve privilegiar num momento do dia específico são a vitamina C e o retinol. «É melhor aplicar a vitamina C pela manhã, uma vez que oferece propriedades de proteção da pele que podem ajudar a proteger as células contra a poluição e outros fatores ambientais que pode enfrentar durante o dia», diz Lucy Hilson, co-founder of SKN Rehab, à edição britânica da Glamour. «Quando a vitamina C é usada com outros antioxidantes, como a vitamina E, pode optimizar os seus resultados e eficiência», completou. Pelo outro lado, o retinol deve ser utilizado à noite e não deve ser aplicado juntamente com a vitamina C, pois pode aumentar a sensibilidade da tez à luz solar.

Quais os ingredientes que não podemos combinar?

A verdade é que tudo depende da fórmula que está a utilizar, pois existem marcas que já ultrapassaram este obstáculo, através de novas tecnologias capazes de combinar ingredientes que poderiam ser vistos como opostos. Outro fator a ter em conta é também a sensibilidade da epiderme e o que ela pode tolerar. Geralmente, o retinol e os ácidos podem causar irritação, por serem muito poderosos. «O retinol (vitamina A) é o santo graal dos ingredientes e a maioria dos tipos de pele pode beneficiar das suas incríveis propriedades de rejuvenescimento. No entanto, não combina bem com ácidos como os AHA e os BHA», afirmou o dermatologista. «Isto acontece porque ambos esfoliam a cama superficial da tez. A mistura dos dois pode causar irritação e deixá-la ressequida, mas também pode danificar a barreira de humidade da pele», explicou.

Outra combinação que pode ser demasiado agressiva é o peróxido de benzoílo e o retinol. «O peróxido de benzoílo mata as bactérias que causam o acne e as manchas, mas pode secar a pele com as suas propriedades antimanchas. O peróxido de benzoílo oxida o retinol, o que significa que anula os seus benefícios para a pele. Se os aplicar em conjunto, pode ser irritante,» acrescenta. Não se esqueça, se um produto lhe causa algum tipo de irritação ou desconforto, coloque produtos calmantes e hidratantes na etapa seguinte, ao invés de outros artigos agressivos.

Existem exceções?

«Cada pele é diferente e os cuidados não são iguais para todos», recordou Daniel. O segredo está em adicionar novos produtos e ingredientes lentamente, tendo sempre em conta a reação da pele. «Tente introduzir primeiro os ingredientes ativos à noite, e quando for capaz de os tolerar, pode potencialmente adicionar um segundo ativo pela manhã ou à noite. Ao acrescentar novos ingredientes e ativos à rotina, vá com calma e faça-o, por exemplo, duas vezes por semana, inicialmente, e depois em noites alternadas até estabilizar», acrescentou.

Afinal de contas, como é uma boa rotina?

Em primeiro lugar, vem sempre a limpeza: «Limpe a pele todas as manhãs com um creme ou produto à base de óleo para remover qualquer pele morta que se possa ter acumulado durante a noite», ensinou o dermatologista. Opcionalmente, pode utilizar um tónico de seguida, sendo que estes são excelentes para quem quiser começar a incorporar alguns ácidos na sua rotina: «Os tónicos equilibram o pH da pele, hidratam e removem qualquer produto que resta», concluiu.

Em terceiro lugar, utilize um sérum à base de vitamina C, para proteger a pele contra a poluição, diminuir a pigmentação e adicionar brilho. Se quiser, pode aplicar também outro ingrediente ativo para tratar qualquer uma das suas preocupações. Relativamente ao passo seguinte, o hidratante «vai melhorar a função de barreira da pele e bloquear todos os ingredientes ativos que trabalham para lhe proporcionar uma pele bonita e saudável», frisou. Apesar de poder utilizar sempre o mesmo hidratante, o especialista recomenda usar um mais leve pela manhã e um mais espesso à noite.

Finalmente, e o mais importante: o protetor solar. «O FPS deve ser aplicado todos os dias, mesmo durante os meses de inverno», afirmou. É importante referir que utilizar maquilhagem com proteção solar incluída não é suficiente para proteger a pele no verão, principalmente quando utilizamos ingredientes agressivos como o retinol.