As 5 Dicas do Cabeleireiro de Meghan Markle Para Manter o Cabelo Saudável

No fundo, um tutorial de como não repetir os mesmos erros que durante o primeiro confinamento. Por: ELLE Portugal Imagem: © GTRESONLINE.

A pandemia fez com que nos rodeássemos de puzzles, livros, produtos de beleza para fazer em casa e vários pares de calças de fato de treino que nos ajudaram a ultrapassar os dias longos e aborrecidos. Mas, ainda assim, muitas de nós acabaram mesmo por «apimentar» a quarentena com a decisão drástica de pintar e cortar o cabelo em casa, seguindo vídeos no Youtube. No entanto, se continua a pensar em quando teve esta (péssima) ideia ou ainda está a ser assombrada pelas raízes escuras ou cabelos brancos que decidiu pintar (e toda a casa de banho) da cor errada, sabe que não é um lugar mental a que quer voltar. Por isso, reunimos cinco dicas do cabeleireiro de Meghan Markle para que recupere a sua confiança e saiba o que deve ou não fazer com o seu cabelo durante esta crise pandémica.

George Northwood é o profissional em quem a Duquesa de Sussex, Alexa Chung e Rosie Huntington-Whiteley confiam o seu cabelo. Meghan pediu que fosse George a penteá-la no dia do seu casamento, do qual resultou o famoso messy bun. Alicia Vikander também é fã da sua abordagem descontraída, tal como muitas outras cool girls que frequentam o seu cabeleireiro em Fitzrovia, Londres.

1. Esqueça o secador

«Depois do confinamento, notei uma grande melhoria no estado do cabelo de muitas das minhas clientes», revelou Northwood, em entrevista à Glamour. «Em parte, isso deve-se à redução do uso de secadores e placas de alisar, isto porque a maioria das pessoas deixou de utilizar estes equipamentos e passou a secar o cabelo ao natural, que é muito melhor. Isto faz com que o cabelo fique menos ressequido e frisado», continuou.

2. Utilize sempre proteção térmica 

No entanto, se não consegue viver sem o secador ou utiliza, com frequência, placas e outros equipamentos de calor no seu cabelo, então: «Use sempre um protetor térmico nas pontas e comprimento do fios para evitar que fique ressequido e com pontas espigadas», disse George. «Idealmente, a melhor forma de evitar as pontas espigadas é utilizar uma boa máscara no cabelo, como a Philip Kingsley Elasticiser Mask ou a gama Strength Cure da Pureology, que fortalece o cabelo. Utilize a máscara uma vez por semana no banho – o vapor ajuda a abrir as cutículas», acrescentou.

3. Tenha cuidado com os cortes em casa

Se ainda não conseguiu cortar as pontas do seu cabelo, pode sentir-se tentada a fazê-lo em casa, mas «se o fizer, evite ser demasiado ambiciosa ou ousada com o corte, pois vai demorar mais tempo para que volte ao normal no outro lado», notou o cabeleireiro. Mas precisa de aparar as pontas? «Existem vários vídeos que demonstram como aparar o cabelo em casa», sublinhou George. «Fiz um com a Alexa Chung para o meu canal de Youtube, onde ela corta o seu próprio cabelo, que foi muito popular e útil». O seu conselho? «Corte apenas as pontas – siga o corte anterior. Melhor ainda, corte apenas a parte da frente, o que consegue ver no Zoom. Deixe a parte de trás para quando for ao cabeleireiro», frisou.

4. Se pintar o cabelo em casa, escolha uma cor mais natural

«Um dos erros que muitas pessoas cometeram foi o de pintar o cabelo de uma cor demasiado escura», reparou. «Se as raízes estão fora de controlo e precisam de um retoque, então evite escolher uma cor mais intensa. Concentre-se nas áreas que mais precisam, como a raíz, e deixe o resto do cabelo. Uma cor demasiado escura ou com tons vermelhos vai ser mais difícil de corrigir, só se consegue com descolorante. É melhor utilizar um tom mais claro para, depois, o seu cabeleireiro conseguir corrigir facilmente», salientou.

5. Utilize um champô purificante para remover a acumulação de produtos

Se está a utilizar vários champôs e máscaras para combater o cabelo seco, é necessário saber que estes podem levar à acumulação de produtos nos fios do cabelo e couro cabeludo. «Isto faz com que o cabelo fique e pareça pesado», indicou George. Este recomenda fazer uma limpeza ao couro cabeludo com um champô purificante, uma vez por semana, para devolver aquela «sensação leve e jovem ao cabelo».