‘Violência Doméstica’ Foi Eleita a Palavra do Ano 2019 Pela Porto Editora

'Sustentabilidade' ficou em segundo lugar e 'desinformação' em terceiro. Por: Margarida Brito Paes Imagem: D.R.

Esta segunda-feira, 5 de janeiro, a Porto Editora anunciou na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures, a palavra do ano 2019. Foram dez as palavras que estiveram sujeitas a votação no site da editora. A escolha das dez finalistas que foi anunciada a 1 de dezembro, reflete uma análise das palavras mais populares nas redes sociais, dicionários online e comunicação social.

‘Violência doméstica’ venceu com 27,7% dos votos, uma luta muito renhida com a palavra sustentabilidade que ficou com o percentual final de 27,6%. Em terceiro lugar ficou a palavra ‘desinformação’ com 13,8%.

Em 2019, segundo dados avançados pelo Governo, morreram 33 pessoas em contexto de violência doméstica, 25 eram mulheres.

As 10 palavras a concurso

Violência doméstica – 27,7%;

Sustentabilidade – 27,6%;

Desinformação – 13,8%;

Jerricã – 7,5%;

Nepotismo – 5,7%;

Seca – 4,3%;

Trotinete – 4,2%;

Lítio – 4,2%;

Influenciador – 4,0%;

Multipartidarismo – 1,0%.