A Tarte Chega Hoje a Portugal e Nós Falamos Com a Fundadora Sobre o Lançamento

Os produtos da marca chegam oficialmente hoje às lojas Sephora. Por: Carolina Adães Pereira Imagens: © D.R.

Sabia que é vendido um corretor Shape Tape da Tarte a cada 12 segundos em todo o mundo? Agora, vai ter a oportunidade de perceber pessoalmente este fenómeno, dado que a marca chegou ao nosso país através da Sephora (online e em loja). Falamos com Maureen Kelly, CEO e fundadora da Tarte para conhecermos o propósito de uma das marcas mais faladas na comunidade da beleza e como este ano é especial.

 

Como surgiu a ideia de criar a Tarte?

Criei a marca há 20 anos no meu apartamento, em Nova Iorque. Pretendia que fosse uma linha de produtos multiusos, sem prescindir do glamour e dos resultados e, ao mesmo tempo, que fossem bons para a pele e para o meio ambiente. Como não sou maquilhadora profissional, queria algo que também fosse fácil de usar. Desconfiei que outras mulheres também deviam sentir a mesma necessidade e assim nasceu a Tarte! Este ano celebram o vosso 20º aniversário.

 

Como tem sido o processo de criação e construção da marca?

Ainda não parece real quando ouço isso… 20 anos! É incrível ver o quanto crescemos nas últimas duas décadas. Realizámos coisas incríveis e alcançámos mais de 200 países em todo o mundo. Expandir globalmente sempre foi um sonho meu, e estou tão animada que, com a ajuda da Sephora, já estamos em vários países e agora chegamos a Portugal também. Uma das coisas que mais me orgulha é a nossa organização sem fins lucrativos, a Heart to Tarte, que fundámos em 2017. Retribuir sempre fez parte do ADN da Tarte, por isso quando a marca começou a ganhar dimensão, queríamos retribuir o sucesso apoiando causas e organizações que são importantes para nós, como proteção a ambiental e animal.

 

O CORRETOR SHAPE TAPE, O ÓLEO DE MARACUJÁ E A MÁSCARA DE PESTANAS LIGHTS, CAMERA, LASHES 4-EM-1 (UM DOS FAVORITO DE MAUREEN KELLY, À ESQUERDA) SÃO TRÊS DOS PRODUTOS MAIS VENDIDOS DA MARCA.

 

Quais foram os principais desafios de criar uma marca com ingredientes naturais há 20 anos, quando não havia tantas opções nesta área?

Quando estava a começar, o meu maior desafio eram os recursos – a Tarte foi financiada com as minhas economias e cartões de crédito pessoais. Também fiz de tudo, desde embalar sombras até ligar para as lojas de retalho. Os primeiros anos foram os mais difíceis, mas não desisti e, no fim, tudo valeu a pena. O crescimento da marca tem sido gradual e agora, 20 anos depois, chega a Portugal.

 

O que os consumidores portugueses podem esperar da marca?

O meu objetivo desde o primeiro dia era fazer produtos que mostrassem às pessoas que a maquilhagem não precisa de estar cheia de ingredientes maus para ficar bonita e durar o dia todo. Não é suposto termos de adivinhar o que está nos nossos produtos de beleza favoritos, e também não devemos ter que comprometer a nossa pele com aquilo que lhe aplicamos. Porque temos que escolher entre um produto que funciona ou um saudável? A Tarte oferece o melhor dos dois mundos. Aquilo com que formulamos é tão importante quanto o que formulamos sem. A Tarte foi pioneira no uso de ingredientes naturais de alto desempenho – todos os nossos produtos são formulados com uma mistura de ingredientes naturais e outros ingredientes projetados para um bom desempenho, como a argila da Amazónia – que equilibra a pele e ajuda a que a maquilhagem dure o dia todo – ou o óleo de maracujá, supernutritivo e não gorduroso.