Semana de Moda de Nova Iorque Vai Acontecer Mas Com Segurança Apertada

O anúncio foi feito pelo governador de cidade, Andrew Cuomo, que não poupou nas precauções. Por: Vítor Rodrigues Machado Imagens: © Imaxtree

Nos Estados Unidos da América, a cidade de Nova Iorque começou por ser uma das mais afetadas pela COVID-19, tendo alcançado um número de mais de cinco mil confirmações diárias de infeções. Contudo, graças às medidas adotadas para controlar a Pandemia, a percentagem de novos casos confirmados tem vindo a reduzir drasticamente (desde à cerca de dois meses), permitindo assim a Andrew Cuomo, Governador da Cidade, a dar luz verde para a realização de mais uma Semana de Moda de Nova Iorque, que acontecerá entre os dias 13 e 17 de setembro.

No entanto, este não será o regresso em grande de uma das semanas de moda mais importantes do mundo. Isto porque as medidas de segurança aplicadas serão bastante apertadas. Para começar as marcas terão de pensar muito bem sobre como pretendem realizar o desfile e sobre quem pretender convidar, uma vez que este só poderá acontecer ao ar livre, e o numero total de pessoas presentes está limitada a 50. Por outro lado, todos os que quiserem apresentar as suas coleções dentro de um local fechado, para além de não poderem ter público, estarão limitadas ao número de pessoas presentes uma vez que deverão ocupar apenas 50% da capacidade do espaço.

Para finalizar, todos os participantes do evento devem manter a distancia social necessário, usar máscaras o tempo todo, e ser testados para a COVID-19.

«Nova York é a capital mundial da moda e a NYFW celebra a engenhosidade desta cidade e do nosso incomparável talento criativo» começou por dizer Andrew Cuomo à imprensa. «Quando COVID-19 chegou a Nova York, muitos de nossos eventos foram forçados a ser cancelados ou ser adiados. A pandemia está longe de terminar, mas temos orgulho de apoiar o organizador do evento IMG no seguimento da NYFW, em conformidade com as rígidas orientações de saúde públicas (…) A segurança, como sempre, é nossa maior prioridade e parabenizamos os anfitriões, e todos os designers participantes, pelas suas inovadoras soluções New York Smart para dar vida a este evento.»

Ainda que tenha existido luz verde, muitas marcas (já com tudo preparado) deverão optar por manter as suas apresentações através do espaço digital, fazendo assim com que esteve evento se torne num híbrido (à semelhança do que acontece em Milão). Resta saber se realmente terão capacidade de entusiasmar as pessoas com a mesma, ou se será só mais um vídeo em direto no Youtube.