Os Lugares Mais Famosos do Mundo Como Nunca Os Viu, Nem Pensou Ver

Não são fotografias captadas de madrugada. O deserto nas ruas é a nova realidade. Por: Inês Aparício Imagem: © GTRESONLINE.

Times Square, em Nova Iorque, sem dezenas de táxis amarelos nas ruas. A Fontana di Trevi, em Roma, sem centenas de turistas a atirar moedas, por cima do ombro, para dentro de água. O Trocadèro, em Paris, sem pessoas a fotografar a Torre Eiffel. Parecem imagens tiradas da ficção, de um sonho ou editadas com photoshop. Mas não: são a realidade. O coronavírus e as medidas de prevenção e controlo da sua propagação confinaram grande parte do globo às quatro paredes das suas casas e, por isso, cidades normalmente movimentadas e repletas de pessoas de várias culturas, etnias e origens estão, agora, vazias.

Um mundo em isolamento social

O decreto do Estado de Emergência, em Portugal, entrou em vigor na domingo, 22 de março. E, ainda que não tenha sido instalada uma quarentena obrigatória generalizada, apenas é possível sair de casa com determinados objetivos. Trabalhar – em atividades ou áreas consideradas essenciais -, prestar apoio a idosos ou vítimas de violência doméstica e fazer exercício físico são algumas das exceções.

Este panorama repete-se noutros pontos do mundo, como Espanha, França e Itália. Isto significa que as ruas de países como estes se encontram (praticamente) vazias. Uma realidade que se deve manter até ao final da promulgação deste Estado de Emergência em cada um deles.

Quando os animais tomam conta da ruas

Ruas vazias coronavírus

Apesar deste parecer um cenário de uma filme de terror, e ser difícil esquecer a situação terrível que vivemos, há alguns momentos que parecem ser tirados de filmes mais animados. Do Toy Story, por exemplo, mas em vez de serem os bonecos a ganhar vida, neste caso são os animais.

O silêncio das ruas e pouco movimento humano fizeram com que alguns animais, geralmente habitantes de parques e jardins, se aventurassem pelas ruas das cidades. É o caso de Paris, onde foram encontrados patos a passar a passadeira perto da Ópera de Paris.

 

Na galeria, em cima, reunimos algumas imagens destes cenários nos EUA, Bélgica ou Alemanha.