O Príncipe Harry Admite Que As Tensões Com O Irmão São Verdadeiras e Normais

Ainda que o Duque de Sussex note um afastamento de William, a ligação entre ambos não se perdeu. Imagens: © GTRESONLINE.

A transparência parece ter toldado os Duques de Sussex nos últimos dias. Depois de Meghan Markle ter admitido não estar bem, devido ao alegado assédio da imprensa – sobre o qual o marido também já se pronunciou, afirmando ter medo que o desfecho seja semelhante ao da mãe, a Princesa Diana – chegou a vez do Príncipe Harry falar sobre a sua relação com o irmão.

Depois de meses de especulação sobre possíveis conflitos entre ambos, o mais novo adiantou detalhes sobre a questão. Quando questionado sobre quão verdadeiros eram os rumores sobre as tensões com William, este esclareceu que estas são naturais. «Parte deste papel, parte deste trabalho, desta família, estar sobre toda esta a pressão, torna inevitável que coisas como estas aconteçam», começou por dizer. «Mas somos irmãos. Seremos sempre irmãos», continuou.

«Estamos, certamente, em caminhos diferentes, neste momento. Mas estarei sempre lá para ele e sei que ele também estará lá sempre para mim. Não nos vemos com tanta frequência como era habitual, uma vez que estamos tão ocupados. Mas adoro-o», adicionou. «A maioria das coisas provavelmente, aliás, a maioria das coisas é criada do nada. Mas somos irmãos. Temos dias bons e outros maus», completou.

As declarações foram proferidas numa entrevista conduzida por Tom Bradby, jornalista da ITV, durante a viagem dos duques a África. Estas fazem parte de um documentário de cerca de uma hora, emitido este domingo, 20 de outubro, no canal.

Meghan e a pressão

Do mesmo filme, faz parte uma entrevista à Duquesa de Sussex. Nesta, Meghan admitiu, emocionada, sentir dificuldades em lidar com os holofotes. «Qualquer mulher, especialmente quando está grávida, fica mais vulnerável. Por isso, foi bastante difícil. E depois, quando tens um recém-nascido… Especialmente enquanto mulher, é demasiado», disse.

Para concluir a conversa, Bradby pediu-lhe que deixasse claro qual a resposta à questão «tem sido realmente difícil lidar com a pressão?». A esta, a duquesa respondeu simplesmente «sim», depois de ter agradecido a preocupação relativamente à sua saúde física e mental. «Obrigada por ter perguntado. Não são muitas as pessoas que me perguntam se estou bem. Mas o que se passa por trás das cortinas é bastante real», notou.