A Pandemia Trouxe Mudanças, Mas «a Moda Não Vai a Lado Nenhum», Diz Estudo

A Lyst revelou quais as 20 marcas mais desejadas pelos consumidores, mesmo com as circunstâncias atuais. Por: Inês Aparício Imagens: © Gucci.

Havia quem dissesse, já há muito, que a indústria da Moda precisava de se reinventar. E a pandemia, deixando a descoberto todas as questões que anteriormente se colocavam, urgiu por mudança. Foi assim que o universo digital ganhou força, entre Semanas da Moda puramente digitais ou híbridas, campanhas fotografadas à distância e um consumo voltado essencialmente para o online. Mas, por maiores que tenham sido as adaptações às circunstâncias atuais, «a Moda não vai a lado nenhum», garante a Lyst.

«Existe um claro sinal de que os consumidores continuam a adorar Moda – e não apenas calças de fato de treino e hoodies», declara a plataforma de análise do consumo global – que tem em conta as pesquisas, não só na sua própria rede, como no Google -, num novo estudo divulgado esta quarta-feira, 28 de outubro. Os dados mostram que confiança nas marcas foi recuperada neste terceiro quarto do ano, mesmo depois de o «confinamento ter abalado segurança dos consumidores» e as suas preferências se tenham voltado para peças mais confortáveis e práticas.

Mesmo com o impacto da propagação do novo coronavírus na economia, «os consumidores estão dispostos a investir em insígnias que despertam entusiasmo e alegria, enquanto categorias associadas a uma vida pré-covid-19, como carteiras e sapatos de salto alto, estão a voltar a acrescer, apesar da incerteza global», avança a Lyst.

E quais são essas? De acordo com a plataforma, o primeiro lugar da sua lista de marcas mais desejadas do mundo é ocupado pela Gucci. Afinal, esta tornou-se na maison com o evento digital mais visto de sempre (com 35 milhões de pessoas a assistir à apresentação da coleção), quando, em julho, transmitiu Epilogue. Além disso, o lançamento de uma linha sem género e outra em segunda mão também terão contribuído para aumentar o interesse em torno da marca.

A união faz a força

Segundo a Lyst, as marcas mais populares – como Off White, Nike, Prada ou Balenciaga, que seguem a casa italiana dirigida por Alessandro Michelle no top 5 – caracterizam-se por ter grandes personalidades, uma presença forte no digital, capacidade de se adaptarem rapidamente e criar produtos que o seu público queira realmente. Mas não se ficam por aí.  «Agora, mais do que nunca, as marcas mais desejadas veem pontos fortes na união», sublinha. Significa isto que as colaborações de Raf Simons com a Prada ou a da mesma maison com a Adidas, por exemplo, traduzem-se também em momentos relevantes para as marcas, de uma perspetiva comercial.

Lista completa

Em baixo, veja quais as 20 marcas mais desejadas do Mundo, de acordo com a Lyst.

  1. Gucci
  2. Off White
  3. Nike
  4. Prada
  5. Balenciaga
  6. Fendi
  7. Versace
  8. Saint Laurent
  9. Bottega Veneta
  10. Valentino
  11. Jacquemus
  12. Burberry
  13. Moncler
  14. Alexander McQueen
  15. Loewe
  16. Balmain
  17. Adidas
  18. Givenchy
  19. Fear of God
  20. Marine Serre