Os Melhores Momentos da Passadeira Vermelha dos Óscares 2020

Porque não são só os discursos que ficam na memória. Por: Margarida Brito Paes Imagens: © GTRESONLINE

A passadeira vermelha dos Óscares 2020 será reciclada depois de testemunhar uma das noites mais importantes do cinema. E o que também será reciclado, muitas vezes na nossa memória, são alguns dos momentos que a marcaram. Não falamos dos melhores vestidos, mas sim dos momentos inesperados que pautaram a parada de estrelas.

Natalie Portman e a sua capa de protesto feminista

Natalie Portman bordou a dourado na capa, que levou por cima do vestido Dior, os primeiros nomes de algumas realizadoras. Um protesto contra a falta de mulheres nomeadas pela Academia.

Tom Hanks fez da passadeira o ginásio

Aconteceu mesmo. Tom Hanks fez um série de flexões em plena passadeira vermelha.

Laura Dern e a mãe

Laura Dern levou a mãe consigo para a passadeira vermelha dos Óscares.

Billy Eilish e a Chanel

Billie Eilish vestiu-se dos pés à cabeça, literalmente, de Chanel e o look é tudo menos o típico vestido usado nestas ocasiões.

Keanu Reeves também levou a mãe

óscares 2020

O incrível vestido de Janelle Monáe

Este foi um dos melhores vestidos da passadeira vermelha. Janelle Monáe usou uma criação da Ralph Lauren repleta de pedras, com capuz e as costas abertas.