A Americana Nordstrom Vai Deixar de Usar Pelo Animal Até Ao Fim de 2021

A marca irá também dizer «não» à pele de animais exóticos. Por: Inês Aparício Imagens: © Instagram @nordstrom.

«We’re going fur free» (numa tradução livre, «vamos deixar de utilizar pelo»): foi tudo o que a Nordstrom precisou para partilhar com o mundo a sua decisão de banir pelo animal em qualquer peça à venda nas suas lojas físicas e online. O objetivo estende-se até ao final do próximo ano e não se fica por este material. Também a pele de animais exóticos, como cobra, crocodilo, tubarão ou lagarto, ficará fora das opções da marca, tornando-se, de acordo com Kitty Block, CEO da Humane Society dos Estados Unidos, no primeiro revendedor com base nos EUA a fazê-lo.

Este compromisso, que resulta de uma contínua «atenção dada ao feedback dos consumidores», foi, para Teri Bariquit, diretora de merchandising da Nordstrom, o caminho mais óbvio para a marca. «As nossas insígnias privadas não têm utilizado estes materiais há anos, por isso estender esta política a todas as marcas que fazem parte do nosso catálogo é um passo natural no nosso negócio», referiu no Instagram.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

WE’RE GOING FUR-FREE. By the end of 2021, you’ll no longer find products made using animal fur or exotic animal skin at Nordstrom. “As a leading fashion retailer, we’re committed to delivering the best possible service and merchandise for our customers. Delivering on that commitment means continually listening to customer feedback and evolving our product offering to ensure we’re meeting their needs. As part of our ongoing product evolution, we’ve been working with the @humanesociety of the United States and recently made the decision to stop offering products made with genuine fur or exotic animal skin in any of our stores or online. Our private label brands haven’t used these materials for years, so extending this policy to all the brands we carry is a natural next step for our business.” – Teri Bariquit, Nordstrom Chief Merchandising Officer Want to learn more about our decision to go fur-free? Head to the link in our bio.

Uma publicação partilhada por Nordstrom (@nordstrom) a

Deste modo, a revendedora de marcas de luxo como Altuzarra, Balenciaga ou Burberry irá «trabalhar de perto com os seus parceiros de vendas para terminar com este tipo de peças na sua oferta, identificando materiais alternativos que se aproximem das necessidades dos seus consumidores e garantindo que estes dispõem consistentemente produtos que estejam em linha com os seus [dos clientes] padrões», é adiantado em nota de imprensa, citada pela Paper.

Da lista de animais cujo pelo deixará de ser utilizado para o desenvolvimento de peças vendidas na Nordstrom, fazem parte: marta, raposa, lince, chinchila, coelho, coiote, cordeiro, canguru e guaxinim.