Naomi Apela À Tomada de Medidas Concretas Na Moda No Que Toca À Diversidade

A inclusão foi o ponto central do discurso da supermodelo na abertura da Semana de Moda de Alta Costura. Por: Marisa Azevedo Imagens: Gtresonline.

«A ação sem a visão é apenas um passatempo; a visão sem ação é apenas sonhar acordado; mas a visão com a ação pode mudar o mundo». Estas são as palavras de Nelson Mandela que Naomi Campbell citou no discurso de abertura da primeira versão digital da Semana da Moda de Alta Costura, que começou nesta segunda-feira, 6 de julho. O foco da modelo foi para a diversidade, num apelo à indústria da Moda e à sociedade para tomarem medidas concretas no que à inclusão e representatividade diz respeito.

O discurso de Naomi

Para o discurso de abertura, a modelo e atriz britânica escolheu uma t-shirt preta com a frase «phenomenally black» (preto fenomenal, numa tradução livre), enquanto mote para este. «A luta pela igualdade e pela diversidade é uma longa jornada na sociedade e na indústria da Moda», relembrou. De seguida, dirigiu-se à indústria da Moda e afirmou que, em pleno 2020, ainda há um longo caminho para percorrer, no que à diversidade diz respeito. No entanto, «chegou a hora de chamar o mundo da Moda, em conjunto, para enfrentar a desigualdade», não só no ambiente de trabalho, como no próprio setor da Moda, salientou.

Naomi sublinhou ainda o seu desejo de que esta conversa «comece agora e dure o tempo que for necessário». Porém, reconhece que isto depende de toda a sociedade e das suas reivindicações por um mundo mais diverso, que devem partir de cada país. Por fim, esta declarou que está na «hora de haver uma conversa constante e sustentável com as minorias de cada país e culturas invisíveis nesta grande indústria».

Veja, em baixo, o discurso completo de Naomi Campbell na abertura da Semana de Moda de Alta Costura, em Paris.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

@naomi opens the #HauteCoutureOnline. Join us on hautecouture.fhcm.paris

Uma publicação partilhada por FHCM (@fhcm) a