Mango Lança Coleção de Máscaras Comunitárias Reutilizáveis

As máscaras chegam assim às marcas de grande consumo. Por: Margarida Brito Paes Imagens: © D. R.

As máscaras comunitárias que são de uso obrigatório, em Portugal, nos transportes públicos e uso recomendado, sendo em alguns a entrada sem a mesma interdita, em espaço fechados, vieram mesmo para ficar. Foram muitos os designers e marcas portuguesas que já tinham visto potencial neste acessório e agora chegou a vez das marcas de grande consumo.

A Mango acaba de lançar a sua primeira coleção de máscaras comunitárias, onde não faltam padrões para os mais ousados e tecidos simples para os mais recatados. No total são 12 modelos divididos pela linha de homem, mulher, violeta e criança. Estando disponíveis em tamanho único para mulher e homem e em 3 tamanhos diferentes para criança. Os preços variam entre os €8 e os €10 e estarão à venda online já esta semana.

«A crise de saúde causada pela COVID-19 fez com que o uso de máscaras seja quotidiano e obrigatório em muitos espaços. A Mango criou uma série de modelos de máscaras higiénicas, seguindo as especificações relativas aos materiais, estrutura e confeção estabelecidas pela UNE 0065:2020, garantindo uma filtragem superior a 90%, uma respirabilidade inferior a 60% e durabilidade até 10 lavagens», informa a marca em comunicado.

Além das máscaras comunitárias reutilizáveis

A pensar nas necessidades imposta pela covid-19 como um todo, a par das máscaras a marca lançou ainda dois tipos de «gel hidroalcoólico perfumado de origem vegetal para uma limpeza eficaz das mãos». Este produto pode ser encontrado em lojas físicas selecionadas e em www.mango.com. Os frascos são de 100ml e custam €5,99.