Quem É Marie Benoliel, A Mulher Que Invadiu O Desfile Da Chanel

Esta tem um canal de youtube chamado Marie S'Infiltre, por isso não é preciso dizer mais nada, certo? Por: Inês Aparício -- Imagens: © GTRESONLINE.

Se alguma vez pensou que, para desfilar para uma marca como a Chanel, precisa de fazer (pelo menos) um casting, pode tirar essa ideia da cabeça. Aparentemente, basta aparecer na passerelle e apresentar as propostas da maison. Não acredita? Tome Marie Benoliel (para os fãs, Marie S’Infiltre) como exemplo. A comediante francesa avançou esse e outros passos importantes na preparação de um desfile (sim, estamos a pensar em todos os momentos que acontecem nos bastidores) e juntou-se simplesmente à linha de modelos que encerrava a apresentação da casa francesa, liderada, agora, por Virginie Viard. Entregar um currículo e esperar ser aceite para quê?

Marie é conhecida por satirizar vários aspetos da sociedade francesa, desde a política à cultura do país, em vídeos que publica no Youtube, no seu canal Marie S’Infiltre. O nome deste não é por acaso e, como já deve ter percebido, o desfile da Chanel também não foi uma estreia da comediante. A francesa de 28 anos, que, de momento, se apresenta a solo no teatro Comédie des Champs Elysées, tem por hábito «invadir» eventos, como marchas, manifestações e, mais recentemente, apresentações das propostas de designers internacionais.

De Etam a Chanel

Apesar de ter sido o desfile da Chanel que a colocou nas bocas do mundo – porque o seu trabalho enquanto comediante já a tinha posto nas dos francesas, mas foi este o momento que a internacionalizou -, não foi o primeiro desfile no qual Benoliel se infiltrou. A youtuber que tem, na altura da publicação do artigo, 199 mil seguidores no Instagram, juntou-se às modelos na apresentação da Etam, na semana passada, mas quis enfrentar um desafio no nível de dificuldade seguinte.

«Fiz o mesmo no desfile da Etam, na semana passada, mas não foi um desafio muito grande, pelo que quis torná-lo mais complicado. Claro que isso apenas poderia querer dizer uma coisa: Chanel», admitiu a comediante à revista Love.

A Chanel, entretanto, já emitiu um comunicado, no qual afirmava que «esta pessoa é uma comediante conhecida por este tipo de partidas». «Ela entrou já noutros desfiles recentemente. A sua presença na passerelle não foi planeada. Os seguranças simplesmente levaram-na à saída no final da apresentação», escreveu a marca em nota citada pelo WWD.