Jane Fonda Levou o Casaco Vermelho Que Veste Nas Manifestações Para os Óscares

E repetiu um vestido Elie Saab. Por: Inês Aparício Imagens: © GTRESONLINE.

Jane Fonda levou realmente a sério a promessa de não voltar a comprar mais peças de roupa. E nem os Óscares foram caso para exceções. Ao subir ao palco para apresentar a categoria de Melhor Filme, cujo prémio foi atribuído a Parasite – entrando para a história enquanto primeira película estrangeira a vencer o galardão nesta vertente -, a atriz surgiu num longo vestido vermelho repleto de pedraria, de assinatura Elie Saab, que já tinha usado anteriormente.

Depois de ter caminhado na passadeira vermelha do Festival de Cinema de Cannes, em 2014, com esta peça, a ativista voltou a tirá-la do armário numa continuação da sua luta contra as alterações climáticas. No entanto, não foi a única referência ao seu ativismo – que já a levou várias sextas-feiras às ruas para gritar a plenos pulmões pelo ambiente e, consequentemente, a ser detida. Ao ombro, Fonda adicionou o já icónico casaco vermelho que leva a todas as manifestações e que declarou ser o último item de roupa que iria comprar, no protesto de 1 de novembro do ano passado, em Washington D.C.

Sustentabilidade de todas as formas

Além da preferência por um vestido que tinha já no seu guarda-roupa, em vez de comprar uma peça nova para a cerimónia de entrega de prémios, a atriz deu mais um passo em direção a um planeta mais verde. As jóias que escolheu para completar o coordenado são também sustentáveis. «Nos Óscares, a usar joalharia Pomellato, porque utiliza apenas diamantes dourados sustentáveis, responsável e eticamente colhidos», esclareceu nas redes sociais, onde partilhou uma fotografia do seu look.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

At Oscars wearing Pomellato jewelry because it only uses responsible, ethically harvested gold and sustainable diamonds. #oscars @pomellato

Uma publicação partilhada por Jane Fonda (@janefonda) a

Veja na galeria, em cima, os dois momentos em que Jane Fonda usou o vestido Ellie Saab.