A Filha de 12 Anos de Jennifer Lopez Vai Publicar Um Livro Sobre Religião

Mais uma prova de que a arte corre nas veias da família de JLo. Por: Inês Aparício Imagens: © D. R.

Dizem que «filho/a de peixe sabe nadar» e, na família de Jennifer Lopez, a expressão assenta que nem uma luva. Não só a própria JLo, como a sua descendente, são mulheres de mil e um talentos e, depois da atuação da Super Bowl, ao lado da mãe e de Shakira, Emme Muñiz veio prová-lo mais uma vez, através do lançamento de um livro para crianças dos 3 aos 7 anos, com a editora Random House.

Lord Help Me é o título da história que deverá chegar às livrarias a 29 de setembro deste ano – mas que já está disponível para pré-venda. Publicada, quer em inglês, quer em espanhol, a narrativa foi inspirada no amor da jovem de 12 anos por preguiças e na sua experiência religiosa, enquanto católica. Esta, que é a primeira obra literária de Emme, tem um caráter solidário: com o livro, esta pretende angariar dinheiro para ajudar a salvar este animal.

«Na escola, aprendi sobre as preguiças e como estão a ficar extintas, por isso comecei a rezar por elas nas minhas orações da noite», declarou a autora em comunicado, citado pela People. «Escrevi este livro para ajudar a obter dinheiro para salvar as preguiças, enquanto ensino outras crianças a rezar e a pedir por ajuda – duas coisas que me trazem bastante conforto», adicionou. «Todos temos momentos, no dia-a-dia, em que precisamos de uma bocadinho de ajuda. Alguma é pequena, como acordar para ir para a escola ou dar-se bem com os irmãos. Outras são grandes, como ajudar a salvar o planeta e as suas criaturas – especialmente as preguiças. Ao pedir ajuda a Deus, traz-nos sempre força para ultrapassar qualquer coisa», explicou.

Orgulhosa

Sem surpresa, JLo aproveitou para fazer uma publicação nas redes sociais, mostrando o seu entusiasmo pelas novidades da filha. «Tão orgulhosa do meu pequeno coco Emme, que vai partilhar as suas orações diárias no seu primeiro livro Lord Help Me», escreveu. «Este livro irá ajudar as famílias a abraçar a paz e o poder da fé», completou.