Ann-Sofie Johansson: «Design não é uma questão de preço»

A responsável pelas colaborações da H&M com designers fala da importância destas parcerias. Por: Margarida Brito Paes Imagens: © D.R

O dia 7 de novembro está marcado em todas as agendas daqueles que são atentos à moda. É neste dia que a colaboração de Giambattista Valli com a H&M chega às lojas. A propósito desta colaboração a ELLE falou com o designer, mas também com Ann-Sofie Johansson responsável da H&M por esta colaboração.

As parcerias da H&M com designers de renome já levou até ao grande público nomes como Karl Lagerfeld, Lanvin, Balmain, Erdem, Moschino e muito mais. Nesta parceria que marca sempre o início de novembro, algumas das silhuetas mais características dos designers escolhidos são reinventadas. No caso da colaboração com Giambattista Valli não faltam as flores, os folhos e os bordados.

Ann-Sofie falou com a ELLE.pt sobre a importância destas colaborações para a marca.

Qual é a importância destas colaborações para a H&M?

As colaborações com designers fortalece a nossa marca como moda e mostram claramente que design não é uma questão de preço. Enquanto tivermos feedback positivo dos nosso clientes, e enquanto eles gostarem das nossas colaborações, vamos continuar.

Tornar a roupa de design de autor mais acessível para o público em geral é importante? Porquê?

Eu acho que as colaborações da H&M com designers são importantes porque abrem caminho entre os consumidores e os designers de que realmente gostam, ou talvez com os que nunca ouviram falar antes. Há um sentido de descoberta que é apenas excitante.  Neste sentido, tentamos manter o efeito surpresa todos os anos. Gostamos de manter os nossos clientes alerta, mas também lhes damos um bom motivo para sorrir.

Como são escolhidos os designers para fazer parte desta colaboração a cada ano?

Sinceramente o processo de escolha dos designers é sempre diferente. Talvez esta forma não pareça muito eficiente para alguns, é a melhor forma de conseguir tirar o melhor da colaboração. para ambas as artes. Isto também permite uma maior criatividade, melhor comunicação e uma abordagem especial que é vista e sentida pelos consumidores de todo o mundo, porque esta é uma experiência personalizada, por assim dizer. Claro que nós aprendemos muitas coisas ao longo dos anos, mas sobretudo, é como fazer algo novo a cada ano!

Como é que a equipa de design da H&M esta envolvida nestas colaborações?

Nós geralmente damos rédeas soltas aos designers para estas colaborações, mas a equipa da H&M também trabalha com eles, balançamos as ideias de cada parte, partilhamos esboços, olhamos para os protótipos e por aí fora. Nós não gostamos da ideia de vigiar ou limitar alguma coisa, porque isso potencialmente sufoca a criatividade e expressão pessoal, que é sempre vital para estas colaborações.

 Qual é o maior desafio de desenhar para um marca com uma audiência tão diversa como a H&M?

É provavelmente tentar genuinamente responder e agradar a todos. Mas com estilo individual e liberdade de expressão em mente, esperamos que os nossos consumidores consigam encontrar peças que  realmente adoram e queiram vestir nas várias coleções que criamos.

Veja todaa coleção da H&M X Giambattista Valli aqui.