Esta Campanha Quer Mostrar A Verdadeira Realidade Da Depilação

Porque sim, todos temos pelos na barriga ou nos dedos dos pés. Por: Inês Aparício Imagens: © D. R.

Os dias em que as imagens de mulheres a depilar as suas pernas perfeitamente hidratadas, reluzentes e claramente sem pelos aproximam-se, ainda que (muito) lentamente, do fim. Prova disso é o mais recente movimento da Argos, uma revendedora britânica, e da Philips, que decidiram mostrar imagens mais realistas do momento da depilação. Tudo porque, independentemente da decisão de os remover ou não, ter pelos na barriga, dedos dos pés ou virilhas é natural. E as pessoas querem que essa ideia seja espelhada nas campanhas.

Esta mudança de direção chegou após um inquérito a 2 mil ingleses revelar que estes gostavam de ver mais imagens de pessoas com diferentes tipos de corpos ou o retrato da depilação como ela verdadeiramente é, mesmo em pontos difíceis de chegar, avança a Glamour UK. Além disso, 11 milhões de mulheres consideram «constrangedor» ou «desconfortável» falar sobre as suas experiências de remoção dos pelos e, por isso, querem vê-las normalizadas.

Assim, ouvindo as reivindicações dos habitantes do Reino Unido, optaram por publicar, no site da Argos, fotografias que representam os desejos destes: mulheres com diferentes tipos de corpos, em posições pouco habituais nas campanhas deste género (mas claramente comuns na vida real) e com expressões menos felizes que as típicas – porque, admitamos, ninguém fica feliz por sentir dor ao fazer a depilação.

«Todos temos necessidades diferentes no que diz respeito à depilação, mas, ao publicarmos imagens de uma remoção dos pelos mais real, estamos a começar uma conversa e a encorajar os nossos consumidores a serem honestos relativamente aos seus pelos», sublinhou Jess Pasco, buyer sénior na Argos. «Queremos que os nossos clientes se vejam refletidos nestas imagens e sintam que compreendemos que a realidade da depilação não é tão glamorosa quanto vimos frequentemente online», completou, referindo-se às imagens captadas para promover o modelo Lumea da depiladora a luz pulsada da Philips.

Ir além

Apesar deste ser um passo concreto na normalização dos pelos e da depilação, ainda fica um pouco aquém de outras marcas que caminham no mesmo sentido. A Billie é um desses casos que, já no ano passado, lançou uma campanha em que os pelos púbicos surgiam, naturalmente. Também a MAC, em 2018, partilhou uma fotografia no Instagram em que assumia o buço.