Black Fashion Council Quer Garantir a Diversidade na Moda e Beleza

Este é mais um reflexo do movimento #blacklivesmatter Por: Margarida Brito Paes Imagens: © Imaxtree

Lindsay Peoples Wagner, diretora da Teen Vogue, e Sandrine Charles, publicista, criaram o Black in Fashion Council, uma organização que pretende promover a diversidade na moda indústria da moda e da beleza. Para tal, o Conselho criou com o apoio da Campanha dos Direitos Humanos um índice que irá permitir avaliar a representatividade negra dentro das empresas. Será ainda elaborado um relatório público anual para ajudar as empresas a cumprir o objetivo de uma maior representatividade no espaço de três anos.

«A Campanha dos Direitos Humanos já tem um Índice de Igualdade Corporativa para pessoas com deficiência e a comunidade LGBTQ da que empresas como Kering já fazem parte (…) Esta seria uma forma de continuar a dar às empresas um relatório de contas sem que elas se sintam envergonhadas e a dar-lhes os recursos reais sobre o que as pessoas estão a dizer que querem ver alteradas», explicou Lindsay Peoples Wagner à Vogue UK.

Black Fashion Council

O Black Fashion Council será lançado oficialmente em julho e já conta com o apoio de mais de 400 pessoas negras que trabalham nesta indústria, nos mais diversos ramos. O objetivos é trabalhar com os vários players do sector, desde pequenas marcas, a Grupos internacionais e semanas de moda, fornecendo ferramentas para que estas se possam tornar mais igualitárias.

«O Black in Fashion Council foi fundado para representar e garantir o avanço de pessoas negras na indústria da moda e beleza. Como coletivo, imaginamos um mundo em que os negros nos espaços de moda e beleza possam ser sinceros e honestos, garantido direitos iguais, e ser celebrados pelas suas vozes», lê-se no site da organização.